Ano 2016 - Volume 38, Número 4


Título
Aspergillus fumigatus em pulmão de ovino no Brasil - Relato de caso, 38(4):413-419
Autores

Resumo
RESUMO. Rizzo H., Silva Júnior V., Mota R.A., Rocha L.L.L., Ono M.S.B., Cruz J.A.L. de O., de Torres S.M., Coutinho L.C. de A., Guimarães J.A. & Dantas A.C. [Aspergillus fumigatus in ovine lung in Brazil - Case report.] Aspergillus fumigatus em pulmão de ovino no Brasil - Relato de caso. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 38(4):413-419, 2016. Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Recife, PE 52171-900, Brasil. E-mail: hubervet@gmail.com

Descreve-se um caso de pneumonia micótica ocasionada por Aspergillus fumigatus em um ovino de três meses de idade. O cordeiro estava em tratamento no AGA/DMV/UFRPE devido lesões cutâneas e não respondeu ao tratamento com florafenicol, mantendo-se seus valores leucométricos elevados e vindo a óbito no nono dia de internamento. Macroscopicamente os pulmões apresentaram áreas multifocais de aspecto caseoso de formato e tamanhos variados, com coloração amarelada ao centro e vermelha nas extremidades. Microscopicamente havia lesão granulomatosa com área de calcificação distrófica extensas, presença de exsudato fibrinoso nos brônquios, infiltrado inflamatório do tipo mononucleares difuso, proliferação de fibroblastos delimitando uma cápsula em volta dos focos inflamatórios, manto epiteloide com presença de imagens negativas de hifas no parênquima pulmonar, macrófagos espumosos, porém não foram visualizadas células gigantes. A cultura em ágar sangue revelou o desenvolvimento exuberante de fungo filamentoso com coloração acinzentada e grande quantidade de hifas aéreas e em meio Sabouraud colônias de coloração verde escuro com bordas esbranquiçadas ambas compatíveis com a macromorfologia das colônias de A. fumigatus. A micromorfologia do crescimento fúngico, revelou vesículas no formato de baqueta com esporulação iniciada na metade superior das vesículas. Os imprints das lesões nodulares dos pulmões, em lâminas utilizando corante panótico, demonstraram hifas septadas e ramificas invadindo o tecido. A infecção pulmonar pelo A. fumigatus, se mostrou fatal e resistente ao tratamento com clorafenicol, sendo o diagnóstico baseado no cultivo das lesões nodulares em meios apropriados e no exame histopatológico.
Download / Visualização