Ano 2016 - Volume 38, Número 3


Título
Evidências do efeito da terapia fotodinâmica sobre infecções podais em vacas leiteiras no município de Fernandópolis, São Paulo, Brasil, 38(3):257-264
Autores

Resumo
RESUMO. Gomes J.P.F. dos S., Ramos R.R., Frias D.F.R., Marques V.B., Kozusny-Andreani D.I. & Fernandes A.U. [Evidences of photodynamic therapy effect on foot rot disorders in dairy cows in the Municipality of Fernandópolis, São Paulo, Brazil.] Evidências do efeito da terapia fotodinâmica sobre infecções podais em vacas leiteiras no município de Fernandópolis, São Paulo, Brasil. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 38(3):257-264, 2016. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Biomédica, Universidade Camilo Castelo Branco, Campus São José dos Campos, Estrada Doutor Altino Bondesan, 500, Distrito de Eugênio de Melo, São José dos Campos, SP 12247-016, Brasil.
E-mail: zepaulofranco@hotmail.com

As doenças digitais representam um problema de grande importância e elevada prevalência em rebanhos leiteiros, acarretando inúmeros prejuízos, atribuídos principalmente ao descarte prematuro, diminuição da produção de leite, perda de peso, redução da fertilidade e aos altos custos dos tratamentos. Este estudo teve como objetivo determinar a ação do efeito da terapia fotodinâmica no tratamento das afecções digitais em bovinos de leite in vivo e também avaliar in vitro o efeito da ação fotodinâmica sobre micro-organismos isolados. A metodologia consistiu em dois experimentos, primeiro foi realizado um estudo da eficácia do tratamento da terapia fotodinâmica (PDT) com uso de azul de metileno como agente fotossensibilizador in vivo, por meio da avaliação do escore de Greenough antes e depois do tratamento, e também outro experimento in vitro sob os efeitos da PDT em micro-organismos isolados das lesões presentes nos animais claudicantes. O resultado mostrou melhora significativa da claudicação após o tratamento da PDT em lesões digitais in vivo e também em micro-organismos isolados in vitro. O estudo evidenciou que a resposta in vitro é compatível com a melhora clínica verificada nos animais. Assim concluímos que a terapia com PDT foi eficiente na redução do escore de Greenough e eficaz no controle dos micro-organismos isolados.
Download / Visualização