Ano 2016 - Volume 38, Número 3


Título
Mumificação fetal em vacas Nelore - Relato de caso, 38(3):235-237
Autores

Resumo
RESUMO. Moya-Araujo C.F., Piagentini M., da Silva D.C., Oba G. & Araujo G.H.M. [Fetal mummification in Nelore cows - Case report.] Mumificação fetal em vacas Nelore - Relato de caso. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 38(3):235-237, 2016. Universidade Federal de Goiás, Campus de Jataí, BR 364, Km 195, nº 3800, Jataí, GO 75801-615, Brasil. E-mail: carlafredrichsen@yahoo.com.br

Mumificação fetal é uma condição anormal em que a morte do feto ocorre após o terço médio de gestação, quando já ocorreu ossificação do concepto e a completa reabsorção do material fetal não pode ser realizada. A queixa principal dessa enfermidade é o diagnóstico positivo de prenhez associado a um período gestacional prolongado. O tratamento preconizado é a aplicação de prostaglandina para a indução de parto, ou, em casos em que a terapêutica empregada não teve sucesso, a realização de cesariana. O prognóstico após a remoção do feto mumificado é, na maioria das vezes, bom. O presente artigo tem por objetivo relatar dois casos de mumificação fetal em vacas da raça Nelore que foram atendidas a campo, uma com queixa de diagnóstico gestacional, cujo parto foi induzido com prostaglandina aos 200 dias de gestação sem sucesso e outro animal durante um quadro de distocia.
Download / Visualização