Ano 2016 - Volume 38, Número 1002


Título
Miocardite granulomatosa em cavalo por Halicephalobus gingivalis (H. deletrix) - Relato de caso, 36(Supl.2):113-116, 2016
Autores

Resumo
RESUMO. Cunha B.M., França T.N., Miranda I.C., Santos A.M., Seixas J.N., Pires A.P.C., Santos B.B.N. & Peixoto P.V. [Granulomatous myocarditis in a horse by Halicephalobus gingivalis (H. deletrix) - Case report.] Miocardite granulomatosa em cavalo por Halicephalobus gingivalis (H. deletrix) - Relato de caso. Revista Brasileira de Medicina Veterinária 36(Supl.2):113-116, 2016. Departamento Epidemiologia e de Saúde Pública, Setor de Anatomia Patológica, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, BR 465, Km 7, Seropédica, RJ 23890-000, Brasil. E-mail: ticianafranca19@gmail.com

Infecções por nematódeos de vida livre são pouco frequentes em animais domésticos. A infecção por Halicephalobus gingivalis já foi descrita em humanos, equinos, zebras e bovinos. Os locais de acometimento mais comuns são o sistema nervoso central e rins, onde o parasito causa inflamação granulomatosa. No presente relato é descrita a infecção miocárdica por Halicephalobus gingivalis em um equino. Os sinais clínicos, segundo o histórico, consisitiram em incoordenação, queda e decúbito seguido de movimentos de cabeça e pedalagem até a morte do animal, quatro dias após início do quadro. Não foram observadas lesões significativas em outros órgãos à necropsia, apenas um foco acinzentado no miocárdio, de limites irregulares, com 1,5 cm de diâmetro, que à microscopia, tratava-se de um granuloma com exemplares de nematódeos de morfologia compatível com H. gingivalis. O estudo teve como objetivo relatar a primeira ocorrência de miocardite granulomatosa em equino por nematódeos de vida livre no Brasil.
Download / Visualização