Ano 2016 - Volume 38, Número 1002


Título
Aplicação de ocitocina durante a ordenha e eficiência reprodutiva de vacas mestiças, 38(Supl.2):108-112, 2016
Autores

Resumo
RESUMO. Mascarenhas L.M., Botteon R.C.C.M., Mello M.R.B., Botteon P.T.L. & Vargas D.F.R. [Oxytocin application during milking and reproductive efficiency of crossbred cows.] Aplicação de ocitocina durante a ordenha e eficiência reprodutiva de vacas mestiças. Revista Brasileira de Medicina Veterinária 38(Supl.2):108-112, 2016. Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária, Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, BR 465 Km 7, Seropédica, RJ 23890-000, Brazil. E-mail: mascarenhaslm@outlook.com

Objetivou-se avaliar o efeito da aplicação de ocitocina (OT) exógena durante a ordenha sobre a eficiência reprodutiva de vacas mestiças. Foram avaliadas 24 vacas mestiças (Holandês x Zebu) inseridas em um programa de IATF (D0 - dispositivo intravaginal liberador de progesterona + benzoato de estradiol (BE) (2 mg, i.m.); D8 - remoção do dispositivo intravaginal e aplicação de PGF2α (0,526 mg, i.m.); D9 - BE (1 mg, i.m.); D10 – IA). Após a ovulação foram distribuídas aleatoriamente em dois grupos: GO (n=12): ocitocina (25 UI - 2,5 mL, i.v. na ordenha da manhã e da tarde); GC (n=12): sem OT. Avaliações ultrassonográficas foram realizadas nos dias 10, 15, 18 e 28. O diagnóstico da gestação foi realizado no dia 28, por ultrassonografia transretal, sendo a prenhez novamente avaliada aos 45 e 60 dias. Observou-se no GC um aumento do diâmetro do corpo lúteo (CL) entre os dias 10 e 18. No GO o diâmetro do CL diminuiu entre os dias 10 e 15, e a maioria das vacas (9/12 – 75%) manifestou cio antes do dia 18. O volume do CL foi maior nas vacas do GC em todos os momentos, com diferença significativa (p<0,05) em relação ao GO no dia 15. As vacas do GC tiveram uma maior taxa de prenhez (41,7%) comparativamente ao GO (25%). As taxas de concepção e manutenção da gestação evidenciaram baixa eficiência reprodutiva no GO (p=0,0022). Com sucessivas inseminações, aos 90 dias uma e sete vacas estavam vazias no GC (8,33%) e no GO (58,3%), respectivamente. O padrão de desenvolvimento e regressão do CL confirma o envolvimento da OT na atividade reprodutiva de vacas em lactação confirmando a hipótese de que a OT exógena pode afetar negativamente a reprodução de vacas mestiças.
Download / Visualização