Ano 2016 - Volume 38, Número 1002


Título
Retalho de omento como adjuvante no reparo cutâneo na pseudocicatrização em gatos - Relato de caso, 38(Supl.2):75-80, 2016
Autores

Resumo
RESUMO. Falcão M.V.C., Ramos C.V.R., Teixeira A.C.S.C., Moura A.P.R., Corrêa C.G., Teixeira J.G.C., Henriques M.O. & Silva M.F.A. [Omental flap as adjuvant on cutaneous repair on pseudohealing in cat - Case report.] Retalho de omento como adjuvante no reparo cutâneo na pseudocicatrização em gatos - Relato de caso. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 38(Supl.2):75-80, 2016. Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária (Patologia e Ciências Clínicas), Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, BR 465 Km 7 Seropédica, RJ 23851-790, Brasil. E-mail: martafas@ufrrj.br

Felinos possuem particularidades em seu processo cicatricial que tendem a retardar sua cicatrização e também são os animais acometidos com maior frequência pela pseudocicatrização, que é uma forma de cicatrização cutânea defeituosa. Relata-se o uso da omentalização como adjuvante na cicatrização de ferida cutânea crônica de um felino doméstico, após várias tentativas de tratamento conservador sem sucesso. Por meio de celiotomia obteve-se acesso ao omento, que foi desinserido de suas ligações dorsais e exteriorizado da cavidade abdominal através de uma pequena incisão caudal para confecção do retalho. Foi criado um túnel no tecido subcutâneo, através do qual o retalho foi transportado até a ferida. O omento foi suturado às margens da ferida, de forma a cobrir toda a área. Decorridos 15 dias de pós-operatório a ferida apresentava-se cicatrizada, os pontos foram retirados e o paciente apresentou uma boa evolução clínica num período de observação de cinco
meses.
Download / Visualização