Ano 2016 - Volume 38, Número 1002


Título
Avaliação eletrocardiográfica em cães da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, 38(Supl.2):61-66, 2016
Autores

Resumo
RESUMO. Lima A.M., Ferreira L.T., Silva S.C., Jorge S.F., Ramos M.T., Pascon J.P.E., Moreira R.M. & Abidu-Figueiredo M. [Electrocardiographic evaluation in dogs of the Military Police of Rio de Janeiro.] Avaliação eletrocardiográfica em cães da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 38(Supl.2):61-66, 2016. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, BR 465, Km 7, Seropédica, RJ 23897-970, Brasil. E-mail: marceloabidu@gmail.com

No Rio de Janeiro, o Exército a Policia Militar e a Guarda Municipal utilizam cães para a rotina de patrulhamento e detecção através do farejamento de drogas, armas, pessoas e explosivos. As raças mais utilizadas são Pastor Alemão, Labrador Retriever, Pastor Belga de Malinois, Pastor Holandês e Dobermann. Embora esses animais cumpram um protocolo de atividades físicas diárias, não é incluída na rotina do canil uma avaliação cardiovascular e hematológica preventiva. Foram utilizados 44 cães adultos, sendo 13 da raça Labrador Retriever, 12 da raça Pastor Belga de Malinois, 10 animais de raça Pastor Alemão, 8 da raça Dobermann e cinco da raça Pastor Holandês, clinicamente saudáveis oriundos do Batalhão de Ações com Cães da Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Os animais foram submetidos à avaliações eletrocardiográfica computadorizada e hematológicas. Para todas as variáveis eletrocardiográficas foi feita correlação com o peso corporal. Dentre as cinco raças avaliadas apenas os cães de raça Labrador apresentaram correlação entre a duração do intervalo QT e o peso. As demais variáveis eletrocardiográficas não apresentaram correlação com o peso corpóreo. Houve diferença no ângulo do eixo elétrico em cães da raça Dobermann. Cães da raça Labrador apresentaram os maiores valores para amplitude de onda P e os da raça Dobermann os menores valores. Cães da raça Labrador e Pastor Alemão apresentaram os maiores valores para amplitude de onda R e os da raça Dobermann os menores valores. A medida do segmento QT em cães da raça Labrador é diretamente proporcional ao peso corporal.
Download / Visualização