Ano 2016 - Volume 38, Número 1001


Título
Efeitos do gossipol em diferentes níveis na dieta de novilhas Nelore, 38(Supl.1):120-126
Autores

Resumo
RESUMO. Piau-Junior R., Ribeiro E. de A., Quessada A.M., Ribeiro E. de A. & de Almada A.F.B. [Effects of the gossypol at different levels in diet of heifers Nelore.] Efeitos do gossipol em diferentes níveis na dieta de novilhas Nelore. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 38(Supl.1):120-126, 2016. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, Universidade Paranaense, Campus Umuarama, Praça Mascarenhas de Moraes, 4282, Zona III, PR 480, S/n, Km 14, Umuarama, PR 87502-210, Brasil. E-mail: piau@unipar.br

A utilização do caroço de algodão na alimentação de ruminantes tem despertado interesse, por ser uma importante fonte energética e proteica suplementar às forragens. No entanto, subprodutos do algodão possuem um fator antinutricional, o gossipol que pode ter efeito tóxico para ruminantes. No Brasil ainda há carência de estudos sobre a toxicidade do gossipol para animais e a maioria dos estudos com algodão na alimentação de ruminantes é realizado em vacas leiteiras. Dessa maneira, o objetivo do presente estudo foi observar o efeito da adição de gossipol na dieta de novilhas nelores.Foram utilizadas 15 novilhas que receberam a dieta diária no cocho, constituída de 12 kg de silagem de capim-elefante e 100g de suplemento mineral. Os animais foram divididos em três grupos. No primeiro grupo (A, controle) a dieta não continha gossipol, no segundo grupo (B) foi adicionado à dieta 900 ppm de gossipol livre e no terceiro grupo (C) a dieta continha 1.500 ppm de gossipol livre. Antes da administração das dietas e após o início do experimento, os animais foram pesados quinzenalmente (0, 15, 30, 45, 60 e 75 dias, total de seis pesagens). Transcorridas 10 semanas os animais foram para abate, sendo que o fígado, coração e baço foram pesados e foram coletadas amostras destes órgãos para confecção de cortes histológicos. Os animais foram examinados diariamente e não foram observados sinais clínicos de intoxicação. Em relação ao ganho de peso, não houve diferença estatística entre os animais tratados e o grupo controle. Na necropsia, não foram vistas alterações macroscópicas no coração, baço, fígado, rins e pulmões. O peso do fígado, do coração e do baço não apresentaram diferenças entre os grupos. Não ocorreram sinais clínicos de lesão renal, mas histopatologicamente constatou-se lesão renal discreta. Os outros órgãos não evidenciaram lesões histológicas. Concluiu-se que novilhas Nelore podem ser alimentadas com subprodutos de algodão sem apresentar intoxicação clínica, desde que o nível de gossipol não ultrapasse 1.500 ppm.
Download / Visualização