Ano 2016 - Volume 38, Número 1001


Título
Resposta do tumor venéreo transmissível canino à quimioterapia com sulfato de vincristina e vimblastina, 38(Supl.1):65-69
Autores

Resumo
RESUMO. Ramadinha R.R., Teixeira R.S., Bomfim P.C., Mascarenhas M.B., França T.N., Peixoto T.C., Costa S.Z.R. & Peixoto P.V. [Response of canine transmissible venereal tumor to vincristine sulfate and vinblastine sulfate chemotherapy.] Resposta do tumor venéreo transmissível canino à quimioterapia com sulfato de vincristina e vimblastina. Revista Brasileira de Medicina Veterinária 38(Supl.1):65-69, 2016. Departamento de Medicina e Cirurgia Veterinária, Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rodovia BR 465 Km 7, Seropédica, RJ 23851-970, Brasil. E-mail: regina@vetskin.com.br

De cento e sessenta e cinco cães, de ambos os sexos, acometidos por tumor venéreo transmissível (TVT), 103 foram submetidos a protocolos de tratamento com sulfato de vincristina - VC - (0,025 mg/kg) e 62 com sulfato de vimblastina - VB - (2,5 mg/m2), administrados por via intravenosa, semanalmente. Dos 65 cães que receberam tratamento completo de VC, 64 (98,46%) ficaram curados. Cinquenta e oito cães (89,23%) ficaram recuperados com uma a seis aplicações de vincristina até a remissão completa do tumor. Apenas seis cães (9,23%) necessitaram de sete a dez doses de VC até a cura. Trinta e oito cães (36,89%) tiveram seus tratamentos com VC abandonados, em geral, quando já apresentavam involução parcial da neoplasia. Dos 62 cães com TVT tratados com VB, 36 tiveram os tratamentos finalizados com remissão completa (100%) da neoplasia. Trinta e dois animais (88,89%) necessitaram de uma a seis aplicações para que ficassem totalmente curados. Em quatro animais (11,11%) foram aplicados de 7 a 8 doses de VB para a completa recuperação. Conclui-se que, tanto a VC quanto a VB são eficazes entretanto, a VC deve permanecer como a droga de primeira escolha pelo seu baixo custo em relação a VB, que, no entanto, deve ser o fármaco de eleição quando a VC não for viável. Os efeitos colaterais caracterizados por vômitos esparsos, inapetência e diarréia, assim como os distúrbios hematológicos foram considerados leves e não impossibilitaram a utilização de ambas as drogas.
Download / Visualização