Ano 2016 - Volume 38, Número 2


Título
Detecção de anticorpos anti-pestivírus em ovinos com histórico de problema reprodutivo no Estado de São Paulo, 38(2):153-156
Autores

Resumo
RESUMO. Gaeta N.C., Rizzo H., Meira Jr E.B.S., Pituco E.M., Okuda L.H., Ribeiro C.P. & Gregory L. [Detection of antibodies against pestivirus in sheep with history of reproductive disorder in the State of São Paulo.] Detecção de anticorpos anti-pestivírus em ovinos com histórico de problema reprodutivo no Estado de São Paulo. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 38(2):153-156, 2016. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Prof. Orlando Marques de Paiva, 87, Cidade Universitária, São Paulo, SP 05508-270, Brasil. E-mail: natalia.gaeta@hotmail.com

Pestivirus são responsáveis problemas reprodutivos em ovinos e, embora sejam amplamente estudados em outros países, o Brasil carece de informações acerca da prevalência destes vírus nos rebanhos ovinos. Para investigar a ocorrência de pestivirus no Estado de São Paulo, foram colhidas 268 amostras de soro ovino com histórico de problemas reprodutivos, em 28 propriedades localizadas em municípios do estado de São Paulo. Utilizando a virusneutralização como técnica diagnóstica, verificou-se dois (1%) animais soropositivos, apresentando título de anticorpos de 20, com ambos apresentando histórico de problemas reprodutivos, sendo um, morte neonatal e outro, secreção uterina. Duas propriedades estudadas apresentaram animais reagentes (7%). Em cinco delas (18%), observou-se co-criação com bovinos. Não foram observadas quaisquer associações entre os animais reagentes e os fatores de risco estudados. A baixa frequência e o baixo título viral encontrados indicam que o pestivírus não está associado aos problemas reprodutivos nos rebanhos de ovinos no Brasil. O presente trabalho é um dos pioneiros no estudo da prevalência de anticorpos anti-pestivirus em rebanhos ovinos brasileiros.
Download / Visualização