Ano 2016 - Volume 38, Número 1


Título
Uso do Luxol Fast Blue para diferenciação de pigmentos de bilirrubina e lipofuscina em amostras citológicas de fígado de cães (Canis familiaris) com doença hepática, 38(1):61-64, 2016
Autores

Resumo
RESUMO. Queiroz G.B., Farache R.A.B., Costa M., Santos M.C.S. & Alencar N.X. [Use of Luxol Fast Blue for differentiation of bilirubin and lipofuscin pigments in liver cytological samples of dogs (Canis familiaris) with hepatic disease.] Uso do Luxol Fast Blue para diferenciação de pigmentos de bilirrubina e lipofuscina em amostras citológicas de fígado de cães (Canis familiaris) com doença hepática. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 38(1):61-64, 2016. Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária (Clínica e Reprodução Animal), Universidade Federal Fluminense, Rua Vital Brazil Filho, 64, Vital Brazil, Niterói, RJ 24230-340, Brazil. E-mail: bobany@gmail.com

Diversos pigmentos podem ser visualizados na preparação citológica do fígado. Colorações especiais são muitas vezes necessárias para fazer a diferenciação destas estruturas, como a diferenciação entre bilirrubina, pigmento patológico indicativo de colestase, e lipofuscina, pigmento não patológico e normal em cães idosos, pelo Luxol Fast Blue. O objetivo deste estudo foi avaliar o uso do Luxol Fast Blue em amostras citopatológicas de fígado obtidas de cães com diagnóstico laboratorial e/ou ultrassonográfico de doença hepática com suspeita de colestase, avaliando se esta coloração pode ser utilizada para confirmar o diagnóstico de colestase através do exame citopatológico. Foram utilizados 30 animais da espécie canina, dos quais 11 apresentaram pigmentos sugestivos de bilirrubina ou lipofuscina, submetidos à punção por agulha fina do fígado guiada por ultrassonografia, seguido de exame bioquímico sérico para confirmação de colestase. As amostras coletadas foram coradas pelo Giemsa e posteriormente pelo Luxol Fast Blue. Apesar desta técnica corar positivamente os pigmentos de lipofuscina, não houve diferença significativa entre as amostras coradas positivamente e negativamente pelo Luxol Fast Blue na avaliação bioquímica dos animais.
Download / Visualização